Campanha Máscaras Solidárias

Em tempos de pandemia, não podemos ficar de braços cruzados. Temos que estar atentos às necessidades e demandas e toda ação é bem vinda.

O Rotary Club de Jequié Cidade Sol trabalha em várias campanhas e uma delas é a Campanha de Máscaras Solidárias - confecção de máscaras de tecido para distribuição nas comunidades carentes. Recebemos tecidos de doação e tivemos várias ajudas de pessoas amigas para a confecção. Essa é uma campanha muito importante por já ter sido comprovado a eficiência do uso para evitar a contaminação.

Até o momento já foram entregues quase 500 máscaras e nossa meta é de 1.000 máscaras. Precisamos de sua ajuda.

O uso de máscaras cirúrgicas pode, sim, diminuir o risco de transmissão de vírus causadores de doenças respiratórias. O aparato reduz a quantidade do agente infeccioso no ar expirado por pessoas contaminadas com corona vírus sazonais, que integram a família do Sars-CoV-2, causador da pandemia de covid-19, ou com o vírus da influenza, que provoca a gripe.

É o que conclui um artigo publicado na sexta-feira (3/4) na revista Nature Medicine.

A indicação de que as máscaras contribuem para reduzir a transmissão do vírus vem de um experimento com 246 pessoas, concluído antes da identificação do Sars-CoV-2. Na Faculdade de Medicina da Universidade de Hong Kong, na China, a pesquisadora Nancy Leung convidou os voluntários a passar meia hora no interior de uma câmara que capta o ar da expiração: a Gesundheit II, desenvolvida pelo médico Donald Milton, da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, um dos autores coordenadores do estudo. Dos 246 participantes, 111 com sinais de infecção respiratória viral estavam contaminados com coronavírus sazonais, vírus da influenza ou rinovírus, que provoca o resfriado.

Metade dos indivíduos foi selecionada aleatoriamente para fazer o teste com máscara e metade sem. Todos os participantes infectados apresentavam maior concentração de vírus no nariz do que na garganta. Os vírus também foram encontrados com mais frequência em aerossóis do que nas gotículas liberadas na respiração. Bem menores, os aerossóis permanecem em suspensão no ar por mais tempo e também se deslocam por distâncias maiores do que as gotículas, que tendem a pousar em superfícies próximas

 

Fonte: UOL Viva Bem





Comentários
    Nenhum comentário! Seja o primeiro, preencha o formulário abaixo!
Deixe seu comentário