DIÁRIO - DIA 18 – 09 de abril

Hoje é quinta feira Santa.

A mesma rotina de oração antes de fazer qualquer coisa.

Combino com Rose para me avisar quando meu pai estivesse acordado. E assim aconteceu: Saiu rapidamente, ainda pela manhã, para vê-lo. Chego e o encontro como um passarinho indefeso – frágil e sereno. Tento conversar. Ele balbucia palavras que não entendemos todas. Vejo que ele está por fio. Convido uma vizinha para rezamos um terço. Fiz isso com minha mãe e com pouco mais de uma hora, ela se foi. Senti que estava chegando a hora de meu pai. Quis dar à ele segurança e força para a sua partida.

Venho para casa leve. Eu passo o resto do dia envolvida com a campanha das máscaras de tecido. A campanha cresceu e eu continuo a articular novas doações de tecidos. Fico realizada por estar á frente deste ato de solidariedade Poliana vem em minha casa para pegar tecidos para levar para umas costureiras confeccionar. Encontro este anjo que soma a mim e todos que estão fazendo as suas doações.

Assim como o Nosso Senhor Jesus Cristo lavou os pés dos discípulos como um gesto de humildade, sigamos este exemplo. Sejamos humildades. Que tenhamos compaixão do nosso irmão.

POR AMOR, FIQUE EM CASA!





Comentários
    Nenhum comentário! Seja o primeiro, preencha o formulário abaixo!
Deixe seu comentário