13 de Outubro – Dia mais que especial

Como não falar deste 13 de outubro de 2019. Data mais que especial para mim. Meu aniversário e canonização de nossa querida irmã Dulce. Este foi o maior presente que já recebi. Um presente dos céus.

Irmã Dulce foi canonizada, na manhã deste domingo, pelo Papa Francisco em cerimônia no Vaticano. A freira baiana se tornou a primeira mulher nascida no Brasil a se tornar santa da Igreja Católica e, a partir de agora, ela é chamada Santa Dulce dos Pobres.

Maria Rita de Sousa Brito Lopes Pontes nasceu em Salvador em 26 de maio de 1914 e faleceu, também em Salvador, no dia 13 de maio de 1992. Religiosa católica brasileira, ficou conhecida também como  "O anjo bom da Bahia”.

Irmã Dulce ganhou notoriedade por suas obras de caridade e de assistência aos pobres e necessitados, obras essas que ela praticava desde muito cedo. Na juventude já lotava a casa de seus pais acolhendo doentes. Ela também criou e ajudou a criar várias instituições filantrópicas: uma das mais importantes e famosas é o Hospital Santo Antônio,  que foi construído no lugar do galinheiro do Convento Santo Antônio. Hoje o hospital atende diariamente mais de cinco mil pessoas. Foi uma das mais importantes, influentes e notórias ativistas humanitárias do século XX. Suas obras de caridade são referência nacional, e ganharam repercussão pelo mundo. Seu nome é sempre relacionado à caridade e amor ao próximo.

Em vida, ela deixou um legado de dedicação aos doentes e um trabalho voltado à população carente.

Também neste dia 13 eu celebrei. Celebrei a vida que decidi por ser uma vida feliz. Agradeci à Deus, junto com minha família, em uma missa celebrada pelo padre Roberto, na catedral de Santo Antônio.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 





Comentários
    Nenhum comentário! Seja o primeiro, preencha o formulário abaixo!
Deixe seu comentário